- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

InícioDistrito FederalMais de 2,6 mil pacientes com suspeita de dengue...

Mais de 2,6 mil pacientes com suspeita de dengue são atendidos nas novas tendas de acolhimento

Até as 14h desta terça-feira (16), as cinco novas tendas de acolhimento montadas para atender casos suspeitos de dengue receberam 2.680 pacientes. Estes números referem-se aos atendimentos realizados desde a última quinta-feira (11), quando as unidades de saúde começaram a funcionar. A tenda de Ceilândia, localizada no estacionamento do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), inaugurada hoje, deu assistência a 109 pacientes até o início da tarde.

As tendas funcionam com estrutura semelhante à de hospitais de campanha e estão estrategicamente posicionadas perto de hospitais regulares, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades básicas de saúde (UBSs) | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O espaço é uma das 11 estruturas que estão sendo entregues à população para dar apoio nos atendimentos da doença. Três delas, localizadas no Guará, Gama e Paranoá, funcionam 24h. A de Ceilândia opera das 7h às 19h, assim como a de Planaltina, inaugurada no último domingo (14). Tendas adicionais serão instaladas em Taguatinga, Varjão, Areal e Vicente Pires, e devem ser finalizadas em breve.

Durante a inauguração da nova tenda em Ceilândia, a vice-governadora do DF, Celina Leão, destacou a rapidez nos atendimentos, afirmando que “entre a chegada do paciente até a finalização, colocar no soro, dá mais ou menos um tempo de 30 minutos”. Ela ressaltou ainda a importância de um suporte especializado e tecnológico para a população de Brasília. “A gente quer o melhor atendimento e isso se faz com atendimento especializado, com tecnologia de ponta”, completa.

Desde o início do ano, o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde (SES), instalou tendas de acolhimento para pacientes com suspeita de dengue em nove regiões administrativas

Funcionamento

As tendas funcionam com estrutura semelhante à de hospitais de campanha e estão estrategicamente posicionadas perto de hospitais regulares, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades básicas de saúde (UBSs) para garantir um atendimento mais rápido aos pacientes sintomáticos da doença, reduzindo assim a pressão sobre o Sistema Único de Saúde (SUS).

Desde o início do ano, o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde (SES), instalou tendas de acolhimento para pacientes com suspeita de dengue em nove regiões administrativas. Essas instalações, que funcionam diariamente das 7h às 19h, oferecem polos de hidratação e cuidados, proporcionando suporte contínuo aos usuários. Com as 11 novas tendas em fase de instalação, a capital federal contará com um total de 20 estruturas de assistência a casos da doença.

Locais das novas tendas de acolhimento a pacientes com sintomas de dengue:

Com funcionamento 24h

→ Guará: em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) 1
→ Gama: estacionamento do Hospital Regional do Gama (HRG)
→ Paranoá: estacionamento do Hospital da Região Leste (HRL)

Com funcionamento diário, das 7h às 19h

→ Planaltina: estacionamento do Hospital Regional de Planaltina (HRP)
→ Plano Piloto: estacionamento do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
→ Vicente Pires: estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
→ Taguatinga: estacionamento do ambulatório do Hospital Regional de Taguatinga (HRT)
→ Águas Claras: estacionamento da UBS 1 do Areal
→ Ceilândia: estacionamento do Hospital Regional de Ceilândia (HRC)
→ Samambaia: estacionamento da UBS 7
→ Varjão: atrás da UBS 1

Fonte: Agência Brasília

Comentários

Agência Brasília
Agência Brasíliahttps://www.agenciabrasilia.df.gov.br
Agência de notícias do governo de Brasília.

- PUBLICIDADE -

Últimas

Newslleter

- PUBLICIDADE -