- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

InícioDistrito FederalEvento vai orientar sobre agroindustrialização para aumentar renda do...

Evento vai orientar sobre agroindustrialização para aumentar renda do produtor rural

Está chegando mais uma edição da AgroBrasília, e, este ano, a Emater-DF estruturou o espaço para visitação dos agricultores, com inovações voltadas para o futuro da agricultura no Distrito Federal: a agroindustrialização. Entre os dias 21 e 25 deste mês, 2,4 hectares do Parque Tecnológico Ivaldo Cenci serão ocupados com os circuitos temáticos da fruticultura, floricultura, avicultura, aquicultura e bovinocultura, um de tecnologias sociais e outro apenas para agroindústria rural. Todos vão apresentar uma tecnologia destacada, além de alternativas agroindustriais que representam possibilidades de aumento de renda para a família rural.

De acordo com o presidente da Emater-DF, Cleison Duval, a implantação de agroindústrias nas propriedades rurais é uma alternativa possível para agregar valor aos produtos rurais. “Aproveitar a produção rural já existente para a oferta de novos produtos, como ovos, legumes cortados, polpa de frutas, iogurtes e queijos, por exemplo, pode gerar aumento de renda, emprego e trabalho para todos os integrantes da família, que vai refletir na sucessão rural, e melhoria da qualidade de vida de todos. Por isso, estamos olhando para o futuro e para o desenvolvimento rural sustentável do campo e das pessoas que nele vivem”, disse.

Nesta edição da AgroBrasília, a Emater-DF estruturou o espaço para visitação dos agricultores, com inovações voltadas para o futuro da agricultura no Distrito Federal | Foto: Divulgação/Emater-DF

No circuito das tecnologias sociais, haverá maquetes com a estrutura de duas plantas de agroindústrias modelos, sendo uma de mandioca descascada e congelada e outra de granja avícola. Todas elas são aprovadas pelos órgãos de inspeção e os extensionistas do circuito vão dar orientações sobre a documentação e estruturas necessárias para a formalização do empreendimento rural.

Tecnologias agrícolas

No circuito da olericultura, o foco será a automatização dos sistemas de irrigação, que possibilita uma redução dos custos com a mão de obra, insumos e energia elétrica, dentre outros benefícios. No circuito da bovinocultura, o visitante vai encontrar um modelo argentino de instalação para aleitamento e cria de bezerros leiteiros que permite o manejo individualizado do animal. O circuito da fruticultura abordará a implementação de pomares e a diversificação de cultivos como fonte de renda, com a apresentação de tecnologias de produção de açaí, banana, framboesa, amora e mirtilo.

Para este ano, já foram confirmados mais de 550 expositores na AgroBrasília. A previsão da organização da feira é a visitação de mais 170 mil pessoas nos cinco dias de evento

No circuito da avicultura, não haverá animais por causa de medidas restritivas impostas pelo Ministério da Agricultura em função da gripe aviária, mas serão apresentados equipamentos utilizados na avicultura em semiconfinamento desde a fase inicial até a postura. No circuito da aquicultura, o visitante vai conhecer opções de produção intensiva de peixes e a integração com a agricultura irrigada. E, no circuito da floricultura, haverá demonstração do uso de flores para fins culinários, terapêuticos e paisagísticos.

Além dos circuitos temáticos, no espaço da Emater-DF terá o galpão de comercialização para a agricultura familiar. Serão 22 estandes, seis deles voltados para a venda de produtos alimentícios e o restante dividido entre artesanato e produtos da agroindústria. Os produtores que vão ocupar o local serão selecionados pelos escritórios locais da Emater-DF, por meio de critérios definidos em edital específico.

AgroBrasília

Promovida pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF), a AgroBrasília é uma feira de tecnologia e negócios voltada para empreendedores rurais de diversos portes e segmentos. Por ser um dos maiores eventos do setor da região Centro-Oeste, serve como vitrine de novas tecnologias para o agronegócio e tem um cenário de referência em debates, palestras e cursos sobre diversos temas relacionados ao próprio setor produtivo.

Para este ano, já foram confirmados mais de 550 expositores. A previsão da organização da feira é a visitação de mais 170 mil pessoas nos cinco dias de evento. Na edição de 2023, durante toda a AgroBrasília, foram comercializados mais de R$ 5 bilhões.

*Com informações da Emater-DF

Fonte: Agência Brasília

Comentários

Agência Brasília
Agência Brasíliahttps://www.agenciabrasilia.df.gov.br
Agência de notícias do governo de Brasília.

- PUBLICIDADE -

Últimas

Newslleter

- PUBLICIDADE -