- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

InícioBrasilSesc seleciona projetos de artistas negros e coletivos de...

Sesc seleciona projetos de artistas negros e coletivos de dança no RJ

 Artistas negros do segmento da dança têm até o próximo dia 9 para inscrever projetos para o Edital Sesc RJ Pulsar – EntreDança 2023. O documento pode ser encontrado na página do Sesc na internet. A verba destinada às produções soma R$ 690 mil.

O analista de Artes Cênicas do Sesc RJ, André Gracindo, informou à Agência Brasil que o regulamento permite contribuições de artistas brancos, mas estes não devem ser em maior número nem ocupar posições de destaque dentro das formações artísticas, como direção, por exemplo. “A gente tem uma proporcionalidade de até 60% da participação de artistas não negros dentro dessas propostas e esses artistas não podem assumir funções de protagonismo”.

 

projetos de artistas negros para o edital de dança do Sesc RJ

projetos de artistas negros para o edital de dança do Sesc RJ – Divulgação/Sesc RJ

projetos de artistas negros para o edital de dança do Sesc RJ

projetos de artistas negros para o edital de dança do Sesc RJ – Divulgação/Sesc RJ

Segundo explicou Gracindo, a ideia do edital é descobrir o que, de fato, esses artistas negros estão criando, como são protagonistas na cena, no Brasil inteiro. “Posições como direção, e outras bem delineadas dentro do edital, a gente solicita que sejam assumidas somente por artistas negros. Mas os processos colaborativos são bem-vindos”.

Nova programação

Os espetáculos selecionados vão compor a programação do Sesc EntreDança 2023 – O corpo negro, um dos maiores eventos do gênero no país. Essa será a sexta edição do projeto. É uma programação exclusivamente de dança, pensando na criação, na elaboração desses artistas negros da dança, e o foco principal é a criação e produção de espetáculos de dança.

“Temos uma série de programações e atividades que serão selecionadas por meio do edital”. São espetáculos inéditos, criações originais ou criações já realizadas que podem ser inscritas e apresentadas dentro da programação do EntreDança.

Gracindo destacou que não podem se inscrever espetáculos já apresentados em edições anteriores do projeto, porque a intenção é trazer sempre novas experiências e novas práticas.

A lém das apresentações, o projeto tem outras ações que se estendem na formação de bailarinos e de público em geral, interessado no segmento da dança, com oficinas livres; mesas de debate com temas sobre a dança ou referentes à negritude; escritos críticos; intercâmbios entre artistas do Rio de Janeiro e de outros estados que participam de processos colaborativos, trocando experiências e práticas culturais.

“O projeto se abre para além da apresentação. O edital busca propostas para todas essas áreas. Ele busca que o proponente, o artista ou coletivo de todo o Brasil que queira se inscrever coloque a sua proposta de espetáculo mas, também, de uma oficina, intercâmbio, de uma mesa na qual vai compartilhar o pensamento, uma pesquisa para o público. Isso tudo vai passar pelo processo de seleção do edital do EntreDança”.

Apoio

Cada produção pode receber de R$ 7,5 mil a R$ 20 mil. As propostas inscritas serão submetidas a comissões de avaliação integradas por profissionais do Sesc e de fora da entidade, analisando vários critérios como relevância, trajetória dos artistas, qualificação dos trabalhos e aspectos orçamentários.

A expectativa é que até a segunda quinzena de dezembro seja anunciado o resultado para as etapas subsequentes do edital, de fechamento dos contratos, na área administrativa. Após a análise documental dos selecionados, o resultado final será divulgado no dia 13 de janeiro. André Gracindo deixou claro que não há um número pré-determinado de projetos a ser selecionado.

A edição 2023 do Sesc EntreDança vai ocorrer ao longo do todo o mês de maio, na unidade Sesc Copacabana, onde será feita a abertura do evento, bem como a apresentação de todos as obras. A partir desse polo, os espetáculos poderão circular pelo interior do estado, para outras unidades do Sesc. As propostas podem prever apresentações em espaços urbanos, escolares e salas de espetáculos do Sesc e de parceiros nos municípios do Rio de Janeiro, Barra Mansa, Volta Redonda, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis e São Gonçalo.

O corpo negro

O edital para o EntreDança – O corpo negro é um desdobramento de uma ampla seleção de propostas artísticas com vistas a compor a programação do Sesc RJ em 2023.

No primeiro semestre, foi lançado o Edital de Cultura Sesc RJ Pulsar com foco na programação regular das unidades. Neste segundo semestre, além do EntreDança e do Baixada em Foco, que reúne projetos artísticos da Baixada Fluminense, estão previstos editais para outros projetos estratégicos de cultura, como Palavra Líquida, previsto para abrir no próximo dia 7, e o Nova Música Convida.

O total de aporte em produções artísticas via edital deve alcançar R$ 30 milhões.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
A Agência Brasil é uma agência pública de notícias criada em 1990. Mantém o foco em temas de impacto no cenário nacional, em áreas como política, economia, cidadania, pesquisa, inovação e cultura.

- PUBLICIDADE -

Últimas

Newslleter

- PUBLICIDADE -