- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

InícioArtigos e OpiniãoLC BelémTodos sabemos quem são os responsáveis pela insegurança jurídica

Todos sabemos quem são os responsáveis pela insegurança jurídica

A instabilidade jurídica que existe hoje no Brasil tem um responsável, o poder judiciário. O STF, seu órgão máximo, tem em seus ministros os executores dos maiores absurdos jurídicos de nossa história, todas as consequências deverão ser impostas aos togados, vão responder criminalmente por isso, o fato de “estarem” no cargo de ministros não os habilitam a cometer esses “negacionismo constitucional” evidenciando o “delito” e sendo assim não possuem uma das características para ocuparem o cargo, um “notável saber jurídico”.

Para que possamos continuar a viver num país onde a segurança jurídica seja um pilar na nossa sociedade é preciso “suspender” alguns membros desse poder, é importante entender que as atitudes “suspeitas” de alguns ministros do STF e TSE tem colocado o país num eminente risco de convulsão social ou até de uma guerra civil.

Lembro que: baseados no artigo primeiro da constituição onde reza que “todo poder emana do povo” e não ter na suprema corte nenhum membro eleito pelo povo, e nós como povo, os detentores de dar o “poder” que não lhes foi dado, reiteramos a necessidade desse ato suspensivo imediatamente.

Alexandre de Moraes, José Roberto Barroso, Carmem Lucia, Edson Fachin, Dias Toffoli, Luís Fux, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber juntamente com o Benedito Gonçalves do TSE precisam ser afastados imediatamente para que o processo eleitoral ocorra de forma transparente e tranquila.

Concluo lembrando que essa ação é motivada por absurdos históricos que colocaram o STF, e agora também o TSE, como os órgãos com maior descrédito, chegando a ter mais de 65% de rejeição por parte da população.

Não é uma intervenção, é suspenção, vamos resgatar a credibilidade do nosso poder judiciário, é de extrema importância para que possamos viver num estado democrático de direito.

Documento (6)

Luiz Carlos Belém
Unicon – União Conservadora Nacional

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas

Newslleter

- PUBLICIDADE -